Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘NBC’

A temporada 2011/2012 da TV americana começou com tudo em setembro passsado, recheada de séries de grande qualidade, no que vem sendo considerada a melhor “fornada” desde 2003/04 (quando estrearam ao mesmo tempo “Lost”, “House”, “Grey´s Anatomy”, “Desperate Housewives”, entre outras). Mas queridinhos da crítica e do público como “American Horror Story”, “Homeland”, “Boss”, “Once Upon a Time” e “2 Broke Girls” têm um concorrente de peso estreando dia 6 de fevereiro: “Smash”, do canal aberto NBC. Explorando o sucesso de “Glee”, mas indo em uma direção completamente oposta exceto o fato de ser musical, a série mostra o cotidiano de uma montagem teatral que almeja chegar aos palcos da Broadway.

A produção é de ninguém menos que Steven Spielberg, os roteiros são da dramaturga Theresa Rebeck e a direção do episódio-piloto é do ganhador do Tony Michael Mayer (“Spring Awakening”). Ótimas credenciais, certo? Então que tal esse elenco? A protagonista é a vice-campeã do “American Idol” (e uma das mulheres mais bonitas do mundo) Katherine McPhee, o diretor da peça é o inglês Jack Davenport (o Steve do seriado da BBC “Coupling” e o Comodoro Norrington dos filmes “Piratas do Caribe”), a roteirista é Debra Messing (“Will & Grace”) e a produtora é Anjelica Huston – além disso, veteranos dos palcos novaiorquinos como Christian Borle, Brian D´Arcy James e Megan Hilty também têm papéis de destaque. Só de ver o trailer divulgado pela emissora já dá pra ver que será incrível – e eu arrisco dizer que Katherine, Davenport e a própria série tem indicações garantidas ao Emmy.

Confiram o trailer (a série estreia na TV americana dia 6 de fevereiro; ainda não há previsão de estreia na TV brasileira):

 

Read Full Post »

A nova temporada do “Saturday Night Live” tem sido um tanto irregular, com algumas edições engraçadinhas (Jesse Eisenberg, Dana Carvey) e outras meia-boca (Jim Carrey, Russell Brand), mas nada exatamente excepcional. O melhor episódio do ano até agora foi o do sábado passado, que teve Miley Cyrus como host (ou “astro convidado”). Na verdade o destaque não foi exatamente Miley, embora ela tenha mandado bem no monólogo inicial em que tirou sarro de si mesma e na imitação de Justin Bieber no talk show que é apresentado por ela mesma (feita regularmente pela novata – e ótima – Vanessa Bayer). Mas hilários mesmo foram o sketch que mostrou os Black Eyed Peas que ninguém conhece, Taboo e Apl.de.ap, tentando apresentar um programa próprio sem os onipresentes Will.i.am e Fergie (mais uma aparição boa de Miley) e, principalmente, a abertura do programa com o sempre engraçado Bill Hader  imitando o surtado Charlie Sheen numa conversa com os igualmente problemáticos Christina Aguilera, John Galliano, Muamar Khadafi e Lindsay Lohan. De quebra, os Strokes cantaram duas músicas do novo CD, que chega às lojas este mês.

Segue abaixo o trecho que satiriza Charlie Sheen:

O SNL é um fenômeno da TV americana, no ar há 36 anos, e embora tenha revelado grandes talentos do porte de Bill Murray, Eddie Murphy, Robert Downey Jr. e Will Ferrell (só pra citar alguns), obviamente alterna grandes elencos com turmas menos talentosas. A atual é uma safra boa, mas não excelente. Além do já citado Bill Hader (um dos policiais de “Superbad”), o elenco tem também o ótimo Jason Sudeikis (“30 Rock”), a bela e versátil Abby Elliot e os engraçados mas um tanto cansativos Fred Armisen e Kristen Wiig – e novatos promissores como Taran Killiam (que nos últimos três episódios apareceu em praticamente todos os quadros). O grande destaque, porém, ainda é Andy Samberg, especialmente com os vídeos que ele costuma fazer pro quadro “An SNL Digital Short”. Foi ali que surgiram pérolas como os clipes “Dick in a Box” (co-estrelado por Justin Timberlake), “Jizz in My Pants”, “Like a Boss” (com Seth Rogen) e o “rap da Natalie Portman”. Os últimos dois clipes foram hilários e seguem abaixo, o primeiro co-estrelado pela Rihanna e o segundo pela Nicky Minaj (com participação especial do diretor John Waters). 



P.S.: Nunca viu a Natalie Portman xingando e batendo em todo mundo? Check this out, motherf@#$%!:

Read Full Post »

Depois de anos de especulação, diversos roteiristas e diretores envolvidos, finalmente foi anunciado no fim do ano passado que a NBC produzirá uma série de TV com a Mulher-Maravilha, para a temporada 2011/12, sob os cuidados de David E.Kelley (“Ally McBeal”, “Chicago Hope”, “Justiça sem Limites”). Obviamente, várias atrizes foram cogitadas durante todo esse tempo. Hoje foi confirmado que a personagem será interpretada por Adrienne Palicki, a Tyra da recém-encerrada “Friday Night Lights”. A série se passará nos dias de hoje e aparentemente a atriz interpretará três papeis: a própria heroína (uma justiceira que combate o crime em Los Angeles) e os dois alter-egos dela – uma executiva de uma grande empresa e a assistente dela. O restante do elenco ainda não foi escolhido.

 Fonte: TVLine

Read Full Post »

Começou a guilhotina

Maio é o mês em que as emissoras americanas definem o futuro dos nossos seriados preferidos, cancelando os que não vão bem em audiência (e nisso roda muita série bacana que ainda não foi descoberta pelo grande público ou que efetivamente só atrai um público específico) e renovando os que vão (o que não necessariamente representa qualidade). Algumas decisões já haviam sido tomadas com antecedência, como é o caso de “24 Horas” e “Ugly Betty”, por exemplo, que estão terminando suas últimas temporadas conforme anunciado no início do ano –  ou de “Lost”, que há três anos já tinha definido que a atual (sexta) seria a derradeira. Mas a maioria começou a ser divulgada essa semana, e os anúncios oficiais devem acontecer até o fim do mês.

A maior surpresa até agora foi o cancelamento da veneranda “Law & Order”, que teve nada menos que DEZOITO temporadas; seguem, porém, os spin-offs “Law & Order: Special Victims Unit” e “Law & Order Criminal Intent”. E depois de três anos no “cancela /não cancela”, finalmente foi anunciado hoje que a quarta temporada de “Heroes” será realmente a última – pena, a série começou tão bem, mas não conseguiu mesmo manter o nível depois.

Quem também deve ficar triste são os fãs de “Flash Forward” – a série acaba de ser cancelada e não terá sua segunda temporada. Já aqueles que curtem a nova versão de “V” podem comemorar: a ABC confirmou que a série terá uma segunda temporada, mesmo não indo tão bem de público nessa primeira. Por sua vez, a cultuada mas pouco vista “Scrubs” é outra que dançou, mesmo tendo mudado de emissora na atual temporada (que será a última mesmo).

Pra manter todo mundo bem informado (e pra ajudar a responder a questão: “começo a ver essa série ou não?” – eu, por exemplo, já nem vou começar a ver “Mercy” e “Trauma”), segue abaixo uma listinha, separada por emissora americana, com as séries que já foram canceladas e as que garantiram uma temporada nova, bem como as que ainda estão com futuro incerto. Conforme novas notícias forem surgindo, a relação abaixo será atualizada.

(atualizado em 17/5/10) A CW definiu ontem o futuro das séries que faltavam. Foram renovadas a veterana “One Tree Hill” e novata “Life Unexpected”; já o remake de “Melrose Place” não vingou e está fora.

(atualizado em 18/5/10) A CBS segurou, mas finalmente revelou suas “degolas”. Surpreendentemente foram cancelados os sucessos (de público) “Ghost Whisperer”  e (de crítica) “The New Adventures of Old Christine”  – cabe aos fãs torcerem pra que a ABC compre pelo menos uma delas (parece que as chances são boas pra segunda, mas pequenas pra primeira). Também rodaram as novatas “Gary Unmarried”, “Accidentally on Purpose” e “Miami Medical”, a veterana (mas que já tinha perdido o fôlego há pelo menos duas temporadas) “Cold Case” e a bacaninha “Numb3rs”. Só se salvaram “Medium” e “Rules of Engagement”

Ah, e a FOX confirmou a já esperada renovação de “House”, “Lie to Me” e “Human Target”, o mesmo ocorrendo na ABC com “Brothers & Sisters”, “Desperate Housewives”, “Grey´s Anatomy” e “Private Practice”.

(adicionado em 1/jun) As últimas renovações foram as já esperadas “C.S.I.”s, “Criminal Minds”, “The Mentalist” e “NCIS”.

Todas as novidades estão em vermelho na lista abaixo. 

 

SÉRIES RENOVADAS:

ABC: Brothers & Sisters, Castle, Cougar Town, Desperates Housewives, Grey´s Anatomy, The Middle, Modern Family, Private Practice, V

CBS: The Big Bang Theory, Criminal Minds, C.S.I., C.S.I. Miami, C.S.I. New York, The Good Wife, How I Met Your Mother, The Mentalist, NCIS, NCI Los Angeles, Two and a Half Men, Medium, Rules of Engagement

FOX: American Dad, Bones, The Cleveland Show,  Family Guy, Fringe, Glee, House, Human Target, Lie to Me, Simpsons

NBC: 30 Rock, Chuck, Community, Friday Night Lights, Law & Order: SVU, The Office, Parenthood, Parks and Recreation

CW: 90210, Gossip Girl, Smallville, Supernatural, The Vampire Diaries, One Tree Hill, Life Unexpected

ABC Family: Greek, The Secret Life of the American Teenager, 10 Things I Hate About You

AMC: Breaking Bad, Mad Men

FX: Archer, It´s Always Sunny in Philadelphia, The League, Rescue Me, Sons of Anarchy

HBO: Big Love, Bored to Death, Curb Your Enthusiasm, Esatbound & Down, Entourage, How to Make It in America, Hung, In Treatment, The Life and Times of Tim, True Blood

Lifetime: Army Wifes, Drop Dead Diva

Showtime: Californication, Dexter, Nurse Jackie, The Tudors, United States of Tara, Weeds

Starz!: Party Down, Spartacus

Scifi: Eureka, Sanctuary, Stargate Universe, Warehouse 13

TBS: My Boys

TNT: The Closer, Dark Blue, Hawthorne, Leverage, Men of Certain Age, Saving Grace, Southland

USA: Burn Notice, In Plain Sight, Law and Order: CI, Psych, Royal Pains, White Collar

 

 

SÉRIES CANCELADAS:

ABC: Better Off Ted, The Deep End, Flash-Forward, The Forgotten, Hank, Lost, Romantically Challenged, Scrubs, Ugly Betty

CBS: Accidentally on Purpose, Cold Case, Gary Unmarried, Ghost Whisperer, New Adventures of Old Christine, Numb3rs, Three Rivers,

FOX: 24, Brothers, Dollhouse, Past Life, ´Till Death

NBC: Heroes, Law & Order, Mercy, Trauma

CW: Melrose Place

FX: Nip/Tuck

 

  

SÉRIES COM FUTURO INDEFINIDO:

FX: Damages

HBO: The No. 1 Ladies Detective Agency

Lifetime: Sherri

Starz!: Crash

Scifi: Caprica

Showtime: Secret Diary of a Call Girl

 

Fonte: Ausiello Files / revista Entertainment Weekly

Read Full Post »

(originalmente publicado em 16/01/2010) Quem curte assistir os talk shows de fim de noite da TV americana deve estar acompanhando a polêmica que vem rolando desde o fim do ano passado, mais especificamente a confusão que a NBC está fazendo com Jay Leno e Conan O´Brien, dois dos principais apresentadores de lá. Pra quem não sabe, aqui vai um resuminho.

 

Os talk shows de fim de noite são uma das grandes tradições da TV americana desde pelo menos os anos 70, inclusive inspirando programas similares em outros países (como o “nosso” Programa do Jô). O principal destes shows é o “Tonight Show”, da NBC, originalmente apresentado pelo grande e finado Johnny Carson, que ao se aposentar em 92 gerou a primeira grande disputa pelo seu comando: David Letterman, que apresentava o programa exibido logo em seguida, queria o posto, mas foi preterido pela NBC, que preferiu colocar Jay Leno no lugar de Carson. Letterman aceitou então um convite da CBS e foi comandar o “Late Show” na concorrente, no mesmo horário – programa que ele apresenta até hoje, com grande sucesso.

 

Vale lembrar que as emissoras não têm somente um talk show, mas sim dois ou até três por noite. Assim, após o “Tonight Show” a NBC tem o “Late Night”, que era apresentado pelo Conan O´Brien até 2008, e em seguida o “Last Call com Carson Daly”, enquanto na CBS o “Late Show” do David Letterman é seguido pelo “Late Late Show”, apresentado pelo escocês Craig Ferguson. Não podemos esquecer do Jimmy Kimmel, que tem o seu próprio show na outra concorrente, a ABC.

 

Algum tempo atrás, Jay Leno anunciou que passaria a bola pro Conan O´Brien, que por sua vez cederia o horário pro Jimmy Fallon (ex-“Saturday Night Live”). E foi o que aconteceu em 2009: Leno ganhou um programa próprio no horário nobre (às 22h, que estreou no segundo semestre), Conan assumiu o comando do “Tonight Show” (às 23h30) e Fallon ficou com o “Late Night” (ooh30). Só que o programa novo do Leno não engrenou e o Conan teve o azar de enfrentar o Letterman justamente no auge – ele vem dominando a audiência desde que deu um show de esperteza ao confessar publicamente estar sendo chantageado por ter relações sexuais com funcionárias do programa.

 

O resultado disso? Agora a NBC quer colocar o programa do Leno no ar mais tarde, ou seja, no horário em que tradicionalmente é exibido o “Tonight Show”, o que empurraria Conan pra mais tarde, o mesmo acontecendo com os outros programas. Ou seja, é praticamente o Leno pegando de volta o posto que cedeu pro Conan, com este voltando pro antigo horário. Obviamente o Conan está puto, e é bem possível que mude de emissora.

 

Enquanto isso os outros apresentadores ficam metendo o bedelho na história, fazendo piadas e ironizando a situação (Conan inclusive). Outro dia o Letterman relembrou o ocorrido na época em que perdeu a sucessão de Johnny Carson pro Leno, tirando o maior sarro e sugerindo que a NBC colocasse Leno e Conan apresentando juntos o “Tonight Show”, alternando os blocos. Ontem, ele destruiu os executivos da NBC. Já o Jimmy Kimmel apresentou um programa inteiro fantasiado de Jay Leno. E ontem, sabe-se lá por que, o próprio Leno teve um surto masoquista e entrevistou o Kimmel, que aproveitou pra dar vários diretos no queixo (gigante) do Leno – o link do Kimmel está aqui, enquanto neste outro dá pra ver alguns trechos do Letterman, do Conan e também do Craig Ferguson sobre o assunto.

 

Parece que hoje finalmente Leno fez piadas com a própria situação, envolvendo até o Tiger Woods e, previsivelmente, Letterman nas piadas (vide matéria do E!Online, com trechos dos programas, aqui).

 

As últimas notícias dão conta de que o “Tonight Show” com Conan O´Brien deve mesmo ser exibido pela última vez na próxima sexta, dia 22, com Jay Leno voltando pro horário das 23h30 (não se sabe se com o show atual ou se comandando o próprio “Tonight Show”).  Conan deve chegar a um acordo com a NBC (amigável ou não) e provavelmente mudar de emissora. Mas tudo ainda pode acontecer.

 

P.S.: A propósito, quem é o melhor apresentador de talk show americano? Pessoalmente, eu gosto do Conan O´Brien, nunca fui muito com a cara do Jay Leno e sempre fui fã de carteirinha do David Letterman. Mas pra mim o melhor de todos é o Craig Ferguson. Quem quiser opinar, deixe um comentário.

 

UPDATE: Conan O´Brien realmente deixou a NBC, ganhou uma bolada de indenização, mas não pode ter nenhum outro programa próprio na TV até o segundo semestre deste ano (isso está expresso na rescisão de contrato). Jay Leno reassumiu o “Tonight Show”.

Read Full Post »

A outra surpresa entre as comédias que estrearam na temporada 2009/2010 é “Community”, que apesar da premissa meio besta é espirituosa, engraçada, cheia de one-liners e personagens marcantes. Joel McHale (que apresenta o programa “Talk Soup” no canal E! e faz um dos agentes do FBI que cooptam Matt Damon na comédia “O Desinformante”) é um advogado que tem o diploma cassado e é obrigado a voltar pra faculdade. Só que ele só consegue entrar em um community college, que é pra onde vão os alunos que não conseguiram entrar nas faculdades mais prestigiadas. Lá, com o seu jeito marrento e aproveitador, ele acaba se tornando uma espécie de líder de um grupo que se junta pra estudar espanhol e que não poderia ser mais diferente: um indiano que quer ser diretor de cinema, uma dona-de-casa negra, um quarterback meio burro, uma nerd, uma loirinha esperta e descolada (por quem ele obviamente vai se apaixonar) e o melhor deles, um sessentão que se acha o máximo vivido pelo sumido Chevy Chase. Pra completar o ótimo elenco, o professor de espanhol é o hilário japonês bizarro de “Se Beber Não Case”. Embora também ainda não tenha estreado no Brasil, deve pintar em um dos canais por assinatura logo. Nos EUA a série vai bem de público e a NBC garantiu a primeira temporada completa.

Read Full Post »