Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘glee’

A temporada 2011/2012 da TV americana começou com tudo em setembro passsado, recheada de séries de grande qualidade, no que vem sendo considerada a melhor “fornada” desde 2003/04 (quando estrearam ao mesmo tempo “Lost”, “House”, “Grey´s Anatomy”, “Desperate Housewives”, entre outras). Mas queridinhos da crítica e do público como “American Horror Story”, “Homeland”, “Boss”, “Once Upon a Time” e “2 Broke Girls” têm um concorrente de peso estreando dia 6 de fevereiro: “Smash”, do canal aberto NBC. Explorando o sucesso de “Glee”, mas indo em uma direção completamente oposta exceto o fato de ser musical, a série mostra o cotidiano de uma montagem teatral que almeja chegar aos palcos da Broadway.

A produção é de ninguém menos que Steven Spielberg, os roteiros são da dramaturga Theresa Rebeck e a direção do episódio-piloto é do ganhador do Tony Michael Mayer (“Spring Awakening”). Ótimas credenciais, certo? Então que tal esse elenco? A protagonista é a vice-campeã do “American Idol” (e uma das mulheres mais bonitas do mundo) Katherine McPhee, o diretor da peça é o inglês Jack Davenport (o Steve do seriado da BBC “Coupling” e o Comodoro Norrington dos filmes “Piratas do Caribe”), a roteirista é Debra Messing (“Will & Grace”) e a produtora é Anjelica Huston – além disso, veteranos dos palcos novaiorquinos como Christian Borle, Brian D´Arcy James e Megan Hilty também têm papéis de destaque. Só de ver o trailer divulgado pela emissora já dá pra ver que será incrível – e eu arrisco dizer que Katherine, Davenport e a própria série tem indicações garantidas ao Emmy.

Confiram o trailer (a série estreia na TV americana dia 6 de fevereiro; ainda não há previsão de estreia na TV brasileira):

 

Read Full Post »

Uma premiação que tem Martin Scorsese, Kate Winslet e o escritor britânico Julian Fellowes entre os ganhadores só pode significar um ano excelente pra televisão, certo? Embora eu ainda não tenha perdoado a Academia da TV americana por ter ignorado “Community” e “Shameless” (as duas melhores séries em exibição atualmente), a festa de entrega do Emmy foi bem divertida e em geral até que justa (só não consigo engolir o Jim Parsons ganhar pela segunda vez como melhor ator  enquanto seus colegas de elenco de “The Big Bang Theory” seguem de mãos abanando). Jane Lynch (a Sue Sylvester de “Glee”) arrancou algumas risadas no papel de MC da noite, “Modern Family” só perdeu os prêmios pros quais não tinha sido indicada (sorte dos atores principais das outras séries que todo o elenco de “Modern Family” concorre como coadjuvante), “Mad Men” levou o quarto prêmio seguido de melhor série dramática (mas perdeu o resto), “The Daily Show with Jon Stewart” chegou ao NONO prêmio seguido na categoria “programa de variedades”, Kyle Chandler foi escolhido o melhor ator em drama e enfim lavou a alma de todos os fãs de “Friday Night Lights” (que terminou esse ano) e Charlie Sheen desejou sorte à nova temporada de “Two and a Half Men”. Já a mulher mais bonita da noite foi disparado a Colbie Smulders (de “How I Met Your Mother”), seguida de perto (ou de baixo) pelo decote de Julie Bowen (que ganhou o prêmio de coadjuvante) – já a Christina Hendricks estava… bom, vocês já sabem o que eu acho…

Confiram a lista completa dos ganhadores:

Melhor Série Dramática
Mad Men

Melhor Série de Comédia
Modern Family

Melhor Minissérie ou Filme Feito pra TV
Downtown Abbey

Melhor Ator de Drama
Kyle Chandler (Friday Night Lights)

Melhor Ator de Comédia
Jim Parsons (The Big Bang Theory)

Melhor Atriz de Drama
Julianna Margulies (The Good Wife)

Melhor Atriz de Comédia
Melissa McCarthy (Mike & Molly)

Melhor Ator Coadjuvante de Comédia
Ty Burrell (Modern Family)

Melhor Atriz Coadjuvante de Comédia
Julie Bowen (Modern Family)

Melhor Ator Coadjuvante de Drama
Peter Dinklage (Game Of Thrones)

Melhor Atriz Coadjuvante de Drama
Margo Martindale (Justified)

Melhor Ator em Filme ou Minissérie
Barry Pepper (The Kennedys)

Melhor Atriz em Filme ou Minissérie
Kate Winslet (Mildred Pierce)

Melhor Ator Coadjuvante em Filme ou Minissérie
Guy Pearce (Mildred Pierce)

Melhor Atriz Coadjuvante em Filme ou Minissérie
Maggie Smith (Downton Abbey)

Melhor Ator Convidado em Série de Comédia
Justin Timberlake (Saturday Night Live)

Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia
Gwyneth Paltrow (Glee)

Melhor Ator Convidado em Série de Drama
Paul McCrane (Harry´s Law)

Melhor Atriz Convidada em Série de Drama
Loretta Devine (Grey´s Anatomy)

Melhor Direção – Série de Drama
Martin Scorsese (Boardwalk Empire)

Melhor Direção – Série de Comédia
Michael Allan Spiller (Modern Family)

Melhor Direção – Minissérie/Filme de TV
Brian Percival (Downtown Abbey)

Melhor Roteirista – Série de Drama
Jason Katims (Friday Night Lights)

Melhor Roteirista – Série de Comédia
Steven Levittan/Jeffrey Richman (Modern Family)

Melhor Roteirista – Minissérie/Filme de TV
Julian Fellowes (Downtown Abbey)

Melhor Série de Variedades, Comédia ou Música
The Daily Show with Jon Stewart

Melhor Reality Show de Competição
The Amazing Race 

Melhor Apresentador de Reality Show
Jeff Probst (Survivor)

Read Full Post »

Katy Perry é pop grudento. Mas é pop grudento dos bons. Duvido alguém ouvir a canção “Firework” e não ficar com ela na cabeça por dias – tudo bem que isso acontece com músicas ruins também, mas não é o caso. Difícil hoje em dia é fugir dela: Katy Perry está nas rádios, nas capas de revistas, nas lojas de shopping (tocando no rádio), no Twitter, nas listas de mulheres mais sexy do mundo, nos episódios de “Glee” (duas vezes já, incluindo uma versão de “Teenage Dream” cantada praticamente acapella só por homens e que é ainda melhor que a original) – ela até conseguiu domar o ex-bad boy inglês Russell Brand e levá-lo pro altar. E estará por aqui em setembro, no Rock In Rio, na noite que vem sendo a mais espezinhada de todas, mas que até agora é a única que tem atrações inéditas no país (além dela tem a Rihanna, que também vem ao Brasil pela primeira vez, sem falar na volta de Elton John). O álbum mais recente dela, “Teenage Dream”, lançado no ano passado, é uma coleção de hits irresistiveis e inclui uma colaboração com o rapper Kanye West (“E.T.”). Vale conhecer.

 

Seguem o clipe oficial de “Firework” e a já citada versão de “Teenage Dream” exibida na segunda temporada de “Glee”.

Read Full Post »

Mais uma da Anne…

Também foi anunciada hoje a participação de Anne Hathaway em um episódio futuro da série “Glee” – ela será uma parente do personagem Kurt (Chris Colfer). Considerando que ela canta bem, como demonstrou no Oscar de dois anos atrás, dá pra esperar algumas canções escolhidas especialmente pra ela.

P.S.: Além de Anne, Gwyneth Paltrow também está confirmada em pelo menos mais dois episódios da série ganhadora do Globo de Ouro. Ela reprisará o elogiado papel que fez no começo da segunda temporada, uma professora substituta, e deve ter um romance com Mr. Shue (Matthew Morrison).

Read Full Post »

Segue a lista completa com os ganhadores do Globo de Ouro neste domingo. Mais tarde incluo meus comentários. Acertei 15 das minhas previsões (das 25 categorias), mas se ficar só na parte de cinema o resultado foi mais animador (10 acertos e 4 erros).

 

CINEMA

Melhor filme (drama)

  • A Rede Social

 

Melhor filme (musical / comédia)

  • Minhas Mães e meu Pai

 

Melhor ator (drama)

  • Colin Firth – O Discurso do Rei

 

Melhor atriz (drama)

  • Natalie Portman – Cisne Negro

 

Melhor ator (musical / comédia)

  • Paul Giamatti – Barney’s Version

 

Melhor atriz (musical / comédia)

  • Annette Bening – Minhas Mães e meu Pai

 

Melhor ator coadjuvante

  • Christian Bale – O Vencedor

 

Melhor atriz coadjuvante

  • Melissa Leo – O Vencedor

 

Melhor diretor

  • David Fincher – A Rede Social

 

Melhor roteiro

  • Aaron Sorkin – A Rede Social

 

Melhor filme em língua estrangeira

  • Em um Mundo Melhor (Dinamarca)

 

Melhor longa animado

  • Toy Story 3

 

Melhor trilha sonora original

  • Trent Reznor e Atticus Ross – A Rede Social

 

Melhor canção original

  • “You Haven’t Seen The Last of Me” – Burlesque

 

TV

Melhor série de TV (drama)

  • Boardwalk Empire

 

Melhor atriz em série dramática

  • Katey Sagal – Sons of Anarchy

 

Melhor ator em série dramática

  • Steve Buscemi – Boardwalk Empire

 

Melhor série de TV (comédia / musical)

  • Glee

 

Melhor atriz em série musical ou de humor

  • Laura Linney – The Big C

 

Melhor ator em série musical ou de humor

  • Jim Parsons – The Big Bang Theory

 

Melhor minissérie ou telefilme

  • Carlos

 

Melhor atriz em minissérie ou telefilme

  • Claire Danes – Temple Grandin

 

Melhor ator em minissérie ou telefilme

  • Al Pacino – You Don’t Know Jack

 

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Jane Lynch – Glee

 

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Chris Colfer – Glee

Read Full Post »

A quantidade de filmes sobre o Natal, que se passam no Natal ou pelo menos que tentam passar a mensagem natalina é enorme. Todo ano a televisão reprisa inúmeros destes filmes, e todo mundo tem os seus favoritos, aqueles que sempre assistem. Além disso, novos filmes continuam sendo lançados. Como o dia 25 de dezembro está quase aí, segue a minha listinha com os meus preferidos:

 

 1) “Os Fantasmas Contra-Atacam” (Scrooged), de Richard Donner, com Bill Murray e Karen Allen

O clássico conto de Charles Dickens, “A Christmas Carol” (normalmente traduzido simplesmente como “Um Conto de Natal”) já gerou inúmeras adaptações, desde filmes de época até desenhos e musicais. Pra mim, a melhor de todas é esta, um clássico da Sessão da Tarde que passa todo ano na Globo. Bill Murray está impagável como um executivo de uma emissora de TV que odeia o Natal e obriga todos os funcionários a trabalharem na noite do dia 24 em um especial que será exibido ao vivo. Ele, um Scrooge moderno, recebe a visita dos fantasmas dos Natais passado, presente e futuro, que tentam fazer com que ele recupere o espírito natalino que um dia teve. Imperdível!

Obs.: Outras adaptações que merecem respeito: “Os Fantasmas de Scrooge”, uma animação em motion-capture do ano passado com Jim Carrey interpretando Scrooge e os três fantasmas – com coadjuvantes do peso de Colin Firth e Gary Oldman; e “Minhas Adoráveis Ex-Namoradas” (Ghosts of Girlfriends Past), que embora não se passe no Natal é mais uma adaptação do conto, dessa vez com Matthew McConaughey como um fotógrafo garanhão e insensível que reencontra antigas namoradas após fazer pouco caso do casamento do irmão mais novo.

 

 2) “Esqueceram de Mim 2: Perdido em Nova York” (Home Alone 2: Lost in New York), de Chris Columbus, com Macaulay Culkin, Joe Pesci e Daniel Stern

Adoro os dois primeiros filmes da série (esqueçam o 3 e o 4, já sem Macaulay), mas talvez por ser mais amplo e por mostrar diversos lugares clássicos de Nova York (o Plaza, o Central Park etc.), prefiro este segundo, mesmo com algumas piadas repetidas. De quebra, o filme ainda tem participações especiais dos ótimos Tim Curry (“Rocky Horror Show”) e Rob Schneider (“Gigolô por Acidente”).

 

 

 3) “Simplesmente Amor” (Love Actually), de Richard Curtis, com Hugh Grant, Colin Firth, Bill Nighy e Liam Neeson

A melhor das comédias românticas estilo “historinhas que se entrelaçam”, essa aqui tem o charme extra de se passar no Natal. Sem falar no elenco fenomenal (que inclui até Rodrigo Santoro). Impossível não se emocionar com a cena em que Emma Thompson descobre sutilmente a traição do marido Alan Rickman, ou com o fotógrafo (Andrew Lincoln, o protagonista da série de zumbis “The Walking Dead”) se declarando em silêncio pra mulher do amigo (Keira Knightley).

 

4) “A Felicidade Não Se Compra” (It´s a Wonderful Life”), de Frank Capra, com James Stewart e Donna Reed

O “clássico dos clássicos” natalinos, esse filme dos anos 50 até hoje emociona, uma obra-prima do especialista em filmes otimistas Frank Capra. James Stewart (talvez o ator mais carismático do cinema americano de todos os tempos) faz o homem que passa a vida toda sem realizar os próprios sonhos, se sacrificando pela família, até que não aguenta mais e decide acabar com a própria vida – é quando um anjo aparece e lhe mostra como seria o mundo se ele não existisse.

 

 5) “O Estranho Mundo de Jack” (The Nightmare Before Christmas), de Henry Selick e Tim Burton

Apesar de parecer ser mais sobre o Halloween, essa incrível animação em stop-motion na verdade é sobre o Natal. Jack Skellington, o rei de Halloween Town, fica entediado depois de fazer a mesma coisa ano após ano no Dia das Bruxas. Quando descobre Christmas Town, ele decide sequestrar o Papai Noel, pra tentar levar um pouco do espírito natalinho pra própria cidade.

 

MENÇÕES HONROSAS:

– “O Grinch” (How the Grinch Stole Christmas), de Ron Howard, com Jim Carrey e narração de Anthony Hopkins – Adaptação caprichadíssima do livro infantil do Dr. Seuss (pouco conhecido no Brasil), com Carrey se esbaldando no papel do ser verde indescritível que odeia o Natal.

– Glee – episódio especial de Natal – o último episódio da série este ano (o 2.10) foi só com canções natalinas, e embora não tenha sido especialmente inspirado, vale pra ver a sempre hilária Sue Sylvester (Jane Lynch) fantasiada justamente de Grinch.

“Duro de Matar 1 e 2” (Die Hard 1 & 2), de John McTiernan, com Bruce Willis – Embora não sejam exatamente sobre o Natal, as duas primeiras (e melhores) aventuras do detetive John McClane se passam justamente na noite do dia 24, e por isso merecem figurar nessa lista (“Yipee-ki-yay, M… erry Chistmas!”)

“Tudo em Família” (The Family Stone), com Sarah Jessica Parker, Dermot Mulroney e Rachel McAdams e “O Amor Não Tira Férias” (The Holiday), com Kate Winslet, Cameron Diaz, Jude Law e Jack Black – Duas comédias românticas (embora o primeiro seja quase um drama) que se passam no Natal e são bem bacaninhas.

Read Full Post »

As indicações aos prêmios televisivos do Globo de Ouro não trouxeram grandes surpresas. Na categoria drama, as novatas “Boardwalk Empire” (a série de gangsters da HBO produzida por Martin Scorsese) e “The Walking Dead” (a dos zumbis) tentam desbancar a tri-campeã “Mad Men”, com “The Good Wife” e “Dexter” no encalço. Entre as comédias, “Modern Family” segue em duelo particular com a atual campeã “Glee” (“Family” ganhou o Emmy), com “30 Rock” tentando recuperar a majestade de dois anos atrás – a única novata aqui é “The Big C”, a dramédia da HBO sobre câncer (“The Big Bang Theory” e “Nurse Jackie” completam a lista, com poucas chances).

(as atuais campeãs)

 

A ausência mais sentida na lista foi “True Blood”, que passou totalmente batida, assim como as normalmente indicadas “Weeds” e “Entourage”.

 

Segue abaixo a lista completa com todos os indicados:

 

Melhor série de TV (drama)

  • Boardwalk Empire
  • Dexter
  • The Good Wife
  • Mad Men
  • The Walking Dead

Melhor atriz em série dramática

  • Julianna Marguiles – The Good Wife
  • Elisabeth Moss – Mad Men
  • Piper Perabo – Covert Affairs
  • Katey Sagal – Sons of Anarchy
  • Kyra Sedgwick – Closer

Melhor ator em série dramática

  • Steve Buscemi – Boardwalk Empire
  • Bryan Cranston – Breaking Bad
  • Michael C. Hall – Dexter
  • Jon Hamm – Mad Men
  • Hugh Laurie – House

Melhor série de TV (comédia / musical)

  • 30 Rock
  • The Big Bang Theory
  • The Big C
  • Glee
  • Modern Family
  • Nurse Jackie

Melhor atriz em série musical ou de humor

  • Toni Collette – The United States of Tara
  • Edie Falco – Nurse Jackie
  • Tina Fey – 30 Rock
  • Laura Linney – The Big C
  • Lea Michele – Glee

Melhor ator em série musical ou de humor

  • Alec Baldwin – 30 Rock
  • Steve Carell – The Office
  • Thomas Jane – Hung
  • Matthew Morrison – Glee
  • Jim Parsons – The Big Bang Theory

Melhor minissérie ou telefilme

  • Carlos
  • The Pacific
  • Temple Grandin
  • You Don’t Know Jack
  • Pillars of the Earth

Melhor atriz em minissérie ou telefilme

  • Hayley Atwell – Pillars of the Earth
  • Claire Danes – Temple Grandin
  • Judi Dench – Return to Cranford
  • Romola Garai – Emma
  • Jennifer Love Hewitt – The Client List

Melhor ator em minissérie ou telefilme

  • Idris Elba – Luther
  • Ian MacShane – Pillars of the Earth
  • Al Pacino – You Don’t Know Jack
  • Dennis Quaid – The Special Relationship
  • Edgar Ramirez – Carlos

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Hope Davis – The Special Relationship
  • Jane Lynch – Glee
  • Kelly MacDonald – Boardwalk Empire
  • Julia Stiles – Dexter
  • Sofia Vergara – Modern Family

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou telefilme

  • Scott Caan – Hawaii Five-0
  • Chris Colfer – Glee
  • Chris Noth – The Good Wife
  • Eric Stonestreet – Modern Family
  • David Straithern – Temple Grandin

Read Full Post »

Older Posts »